Barra do Governo
DEPARTAMENTO DE COMPUTAÇÃO
E-mail:
Senha:
Loading
Infra-Estrutura do DECOM
O Departamento de Computação conta com uma moderna infra-estrutura de tecnologia de comunicação colocando os cursos os oferecidos pelo DECOM em situação de equivalência com as mais modernas instituições públicas de ensino do País.
O CEFET-MG possui atualmente um enlace dedicado para comunicação de dados operando à velocidade de 4 Mbps, conectado ao POP-MG, ponto de presença da RNP em Minas Gerais – situado no Campus da UFMG – garantindo acesso à Internet a todos os setores da instituição. Por sua vez, o DECOM, possui, em todos os seus laboratórios, redes departamentais ou setoriais, um “backbone” de rede, que opera a 1 Gigabps integralmente composto por fibras ópticas. Está prevista, CT-INFRA, a implantação de um enlace dedicado para comunicação de dados, na velocidade de 4 Mbps, conectando o Campus II de Belo Horizonte diretamente ao POP-MG. Tal enlace garantirá ao CEFET-MG uma rota resiliente e, ao mesmo tempo, melhorará o acesso à Internet a partir do Campus II, pois todo o tráfego proveniente deste Campus e direcionado à Internet não passará mais pelo Campus I.
Além das atividades de modernização interna implementadas, o CEFET-MG participa atualmente da implantação, em Belo Horizonte, do consórcio RedeComEP (Redes Comunitárias de Ensino e Pesquisa), financiado e gerenciado nacionalmente pela RNP, com previsão de implantação ainda em 2006. Este projeto possui recursos já liberados do governo federal da ordem de R$40 milhões, destinado à implementação de redes de alta velocidade nas 27 capitais do país. Em Belo Horizonte, está sendo discutida a construção de um anel em fibra óptica em torno das instituições: CEFET-MG, UFMG, Prodabel (empresa de processamento de dados da Prefeitura de Belo Horizonte), Fiocruz e PUCMinas, o qual será conectado ao Ponto de Presença da RNP em Minas Gerais (PoP-MG) com velocidade de 1 Gbps no padrão Gigabit-Ethernet. Após esta implantação, as instituições parceiras estarão conectadas à Internet acadêmica do Brasil a 10 Gbps, via POP-MG.
Quanto ao parque computacional, nos últimos três anos, foram adquiridos mais de 700 microcomputadores e diversos servidores de rede. A DGO – Divisão de Gerência e Operação do Campus II, vinculada ao DRI, é o setor responsável por manter os laboratórios de informática para uso acadêmico de ensino no Campus II. Tais laboratórios forão totalmente modernizados recebendo cerca de 70 novas estações de trabalho com processadores Pentium IV de alto desempenho.
Além disso, há no CEFET-MG o CCC – Centro de Computação Científica. Este Centro e seus laboratórios, totalmente modernizados, conta com sistema de condicionamento de ar, cabeamento elétrico e lógico operando a 1 Gigabps, sistema digital de vídeo com câmeras para monitoramento via circuito fechado de televisão, além de cerca de 60 estações de trabalho de última geração, mais de 10 servidores de serviços em rede, impressoras e mesa digitalizadora.
Além destes ambientes que os alunos e docentes podem utilizar, há laboratórios de informática vinculados aos demais cursos de níveis médio e superior do CEFET-MG, devidamente equipados com infra-estrutura própria e capacidade para atender à demanda imediata, verificando-se a integração e cooperação, nos diferentes níveis de ensino na Instituição, quanto à utilização desses espaços.
Finalmente, cabe destacar que a maioria dos grupos de pesquisa atuantes no CEFET-MG possui laboratórios de pesquisa próprios – e.g., o Laboratório de Sistemas Inteligentes, o Centro de Pesquisa em Energia Inteligente, entre outros – que contam com computadores e outros equipamentos de informática e que, normalmente, são mantidos atualizados com recursos captados junto às agências de fomento. Freqüentemente, os alunos e pesquisadores do Centro desenvolvem suas atividades exatamente nestes laboratórios, desonerando, assim, os demais laboratórios de informática do CEFET-MG.

Não obstante a infra-estrutura de tecnologia da informação já disponível no CEFET-MG para atender à demanda por recursos computacionais advindos dos demais cursos superiores já implantados, a implantação de um curso de graduação com forte viés tecnológico, como é o caso do Curso de Engenharia de Computação, requer a implantação de laboratórios específicos. De fato, diferentemente dos demais cursos, para os quais a computação é meio ou ferramenta, para o curso de Engenharia de Computação ela é fim em si mesmo. Somando-se a isso a forte ênfase dada às atividades de laboratório, no Projeto Pedagógico do Curso – ênfase, por sinal, requerida pela legislação em vigor – resulta na necessidade de implantação de laboratórios específicos para o pleno e adequado funcionamento do curso.

Atualmente, o DECOM conta com 7 laboratórios de uso específico, tendo em torno de 90 estações de trabalho de última geração, mais de 4 servidores de serviços, kits de robótica, e microprocessadores, além de diversos equipamentos auxilares no desempenho das atividades didáticas tais como osciloscópios digitais, fontes de tensão, multímetros digitais, geradores de funções etc.

© 2017 Departamento de Computação - CEFET-MG | Av. Amazonas, 7675 - Nova Gameleira - Belo Horizonte - MG - Brasil | Tel: 55 31 3319-6870